Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Pavões no meu quintal / Peacocks in my backyard


Será alucinação?
Isto é fora do normal
Esfrego os olhos e vejo
Dois pavões no meu quintal.

Penas de azul intenso
Mas sem caudas para ostentar
Avisto duas grandes aves
Será que estou a delirar?

Não sei bem de onde vieram
Fiquei surpreendida
Tirei fotos para lembrar
Dali a pouco foi a despedida.

Sentada à secretária, no meu quarto, em casa dos meus pais
Escrito a computador
12 de julho de 2017
17h30


Is it hallucination?
This is out of the ordinary
I rub my eyes and see
Two peacocks in my backyard.

Feathers of intense blue
But no tails to boast
I notice two large birds
Am I delirious?

I'm not sure where they came from.
I was surprised
I took photos to remember
After a while, it was farewell.

Sitting at my desk in my room at my parents' house.
Written to computer
July 12, 2017
05:30 p.m.



Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.