Receber poemas por / Receive poems by Email

Traduzir / Translate

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Aquilo que digo / What I say

Aquilo que digo
É diferente do que interpretas
As dores que carrego
Não são iguais às que consegues sentir.
Há dores que não são comparáveis
A minha pele não tentes vestir.

Aquilo que falo
É real e com sentimento
Fica como o teu nível de entendimento
Enquanto não conseguires compreender
Talvez o tempo um dia te ensine
Ou quem sabe não tenhas de saber.

Aquilo que é,
é mesmo assim
Infelizmente foi inevitável
Até certo ponto imprevisível
Um dia tudo isto irá passar
Aquilo que foi no passado irá ficar.

Sentada à secretária, no meu quarto, em casa dos meus pais
Escrito a computador
2 de julho de 2017
23h35


What I say
It is different from what you interpret
The pain I carry
They are not the same as you can feel.
There are pains that are not comparable
My skin do not try to wear.

What i say
It is real and with feeling
It's like your level of understanding
Until you can understand
Maybe time will teach you one day.
Or maybe you do not have to know.

What it is,
It is nonetheless
Unfortunately it was inevitable
To some extent unpredictable
One day all this will pass
What was in the past will stay.

Sitting at my desk in my room at my parents' house.
Written to computer
July 2, 2017
11:35 p.m.