Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Puro fel / Pure azure

És puro fel
Destilas azedume
Amarga e infeliz
Vives do teu queixume.

Tens más energias
Não consegues esboçar um sorriso
As tuas atitudes são negativas
Com o teu olhar paraliso.

Não te julgo
Algo forte te fez sofrer
Tenho pena que não sejas feliz
Mas ainda vais a tempo de aprender.

Sentada à secretária no meu quarto, em casa dos meus pais
Escrito a computador
22 de fevereiro de 2017
19h20


You are pure azure
You distill sourness
Bitter and unhappy
You live your whine.

You have bad energy
You can’t smile
Your attitudes are negative
With your eyes I paralyze.

I do not judge you
Something strong made you suffer.
I'm sorry you're not happy.
But you still have time to learn.

Sitting at my desk in my room at my parents' house.
Written to computer
February 22, 2017

7:20 p.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.