Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Não sou dona de nada, nem de ninguém / I do not own anything, or anyone

Não sou dona de nada, nem de ninguém
Neste mundo apenas estou de passagem
Gosto de dar e sentir liberdade
A todos com quem me cruzo nesta viagem.

Desapego-me de tudo
Liberto-me de sentimentos de posse
Não gosto de me sentir presa
Dá-me alergia e até tosse.

Nem de mim sou dona
Nem do corpo que tenho nesta reencarnação
Tudo na vida flui
É preciso deixar aberto o coração

Sentada à secretária no meu quarto em casa dos meus pais
Escrito a computador
22 de fevereiro de 2017
19h34

I do not own anything, or anyone
In this world, I'm just passing through.
I like to give and feel freedom
To everyone I meet on this trip.

I let go of everything
I free myself from feelings of possession
I do not like feeling trapped.
It gives me allergy and even coughs.

Not even of me, I'm the owner.
Neither of the body that I have in this reincarnation
Everything in life flows
It is necessary to leave open the heart

Sitting at my desk in my room at my parents' house.
Written to computer
February 22, 2017

7:34 p.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.