Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Corre, corre, corre / Run, run, run

Corre, corre, corre
Ainda tens muito para comprar
Presentes para toda a família
E um rico manjar.

Muito tens de correr
Não sabes se vai esgotar
E se for a última peça
Até és capaz de empurrar.

Consome, inveja, compra
É tudo isto que se está a celebrar
O Natal tem outro sentido
Mas quem é que se vai lembrar?

Corre, corre, corre
Vai para as lojas comprar
Será que só isso importa?
Consegues parar para pensar?

Sentada na gare de comboios de Mem-Martins
Escrito à mão.
19 de dezembro de 2016
8h39


Run, run, run
You still have plenty to buy.
Gifts for the whole family
And a rich delicacy.

Much you have to run
You don’t know if it's going to run out
And if it's the last piece
You're even capable of pushing.

Consume, envy, purchase
This is all that is being celebrated
Christmas has another meaning
But who will remember?

Run, run, run
Go to the shops to buy
Does it only matter?
Can you stop to think?

Sitting at the Mem-Martins train station
Handwritten.
December 19, 2016

8:39 a.m

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.