Receber poemas por / Receive poems by Email

Traduzir / Translate

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Nem quinhentos, nem dez mil quilómetros / Neither five hundred or ten thousand kilometers

Nem quinhentos, nem dez mil quilómetros
Podem travar o teu destino
Aquilo que tem de acontecer
Descobre o seu caminho.

Não é possível a sua previsão
É deixar acontecer
Tudo é como tem de ser
Só é preciso viver.

De ti não podes fugir
E o mesmo vais receber
Tudo acontece por uma razão
Nem sempre fácil de compreender.

Aquilo que és aqui
És noutro qualquer lugar
Sempre que fizeres o mesmo
O mesmo vais recuperar.


Sentada numa praia em Cascais
24 de julho de 2016
18h58
Escrito à mão


Neither five hundred or ten thousand kilometers
Can lock your destination
What has to happen
Find its way.

Unable to your forecast
It is let it happen
Everything is as it has to be
You just have to live.

Of you can’t escape
And so you will receive
Everything happens for a reason
Not always easy to understand.

What you are here
You are in another anywhere
Whenever you do the same
The same you will recover.

Sitting on a beach in Cascais
July 24, 2016
6:58 p.m

Handwritten