Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sábado, 18 de junho de 2016

Mexes comigo / You wiggle with me

Cada dia que passa e não te vejo
Sinto a tua falta
Quando entras por aquela porta
Fico logo em alta.

Não te consigo explicar
Como me fazes sentir
São borboletas no estômago
É a moral a subir.

Fico nervosa
Devido ao inesperado
Estava fechada para o mundo
E agora procuro-te em todo o lado.

Algo em ti
Me fez vacilar
Mexes comigo
Não o consigo negar.

Sentada na minha cama,
4 de junho de 2016
escrito à mão
9h01



Every day that passes and I don’t see you
I miss you
When you enter through that door
I just feel high.

I can’t explain
How you make me feel
Are butterflies in the stomach
It is the moral to rise.

I get nervous
Due to the unexpected
I was closed to the world
And now I look for you everywhere.

Something in you
It made me waver
You wiggle with me
I can’t deny.

Sitting on my bed,
June 4, 2016
handwritten

9:01 a.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.