Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Já chega / Enough

Já chega
Por hoje já cheguei ao limite de desilusões
Não ofereço mais resistência
Sinto no peito as frustrações.

Rogaram-me uma praga
Tudo na minha vida tem enguiço
Não sei mais o que fazer
Para quebras o feitiço.

Um mau-olhado
Recaiu sobre a minha vida
Por mais que lute
Chego ao mesmo lugar como se estivesse adormecida.

Neste momento
O desânimo tomou conta de mim
Vou procurar dormir
Amanhã talvez não acorde assim.

Sentada na minha cama,
31 de maio de 2016
escrito à mão
23h20



Enough
For today I already reached the disillusionment limit
I do not offer more resistance
I feel in the chest the frustrations.

Besought me a plague
Everything in my life has jinx
I do not know what else to do
For the spell break.

An evil eye
It fell on my life
For more than I fight
I arrive at the same place as if asleep.

At this time
Discouragement took hold of me
I'll try to sleep
Tomorrow I might not wake up as well.

Sitting on my bed,
May 31, 2016
handwritten

11:20 p.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.