Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

terça-feira, 1 de março de 2016

Senti a tua presença / I felt your presence

Senti a tua presença
Mas não te consegui ver
Respirei o teu cheiro
Por puro prazer.

A saudade me visitou
Na busca do teu ser
Como te poderei amar?
Se não te deixas conhecer.

Recordações de momentos
De contactos acidentais
Dos meus tormentos
E desejos carnais.

Se a coragem me abandonou
E as feridas fiquei a lamber
O meu impulso te escorraçou
Quase sem eu me aperceber.

Sentada na minha cama
no dia 20 de janeiro de 2016,
escrito à mão
20h57



I felt your presence
But can’t see you
I breathed your smell
For pure pleasure.

The longing visited me
In search of your being
How can I love you?
If you do not let me you know.

Memories of moments
Accidental contacts
My torment
And carnal desires.

The courage abandoned me
And the wounds I got to lick
My impulse banished you
Almost without me realizing it.

Sitting on my bed
on January 20, 2016,
handwritten

8:57 p.m

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.