Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quarta-feira, 16 de março de 2016

Proibido / Forbidden

É proibido ir por ai
Não estás autorizado a seguir por ali
Tantas proibições
Tamanhas limitações.

A certa hora não se pode
Nem a certos dias da semana
A vida foge
E dela pouco emana.

Regras e leis
Decretos e legislações
Alguns podem tudo
E para outros só há restrições.

É proibido ser
Não se pode viver
Para tudo há limites
Dificeis de perceber.

Sentada no comboio da linha de Sintra
no dia 26 de fevereiro de 2016,
escrito à mão
13h21


It is forbidden to go out there
You are not allowed to go down there
So many prohibitions
Such great limitations.

At certain time you can not
Or certain days of the week
Life flees
And of her little bit emanates.

Rules and laws
Decrees and legislations
Some may all
And for others there are only constraints.

It is prohibited to be
You can’t live
For all there are limits
Difficult to understand.

Sitting in the Sintra line train
on February 26, 2016,
handwritten

1:21 p.m

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.