Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sexta-feira, 25 de março de 2016

Eu confesso / I confess

Por vezes fui estúpida
Não soube reagir
Fui pateta e insegura
Só me apeteceu fugir.

Fui infantil e ingénua
Não consegui agir
Desiludi-me a mim e aos outros
Por não saber ouvir.

Nem sempre fiz as melhores escolhas
Mas fiz o possível para conseguir
Confesso que não sou perfeita
Mas procuro evoluir.

Sentada no comboio da linha de Sintra (Rio de Mouro)
no dia 8 de março de 2016,
escrito à mão
8h27


Sometimes I was stupid
I did not know how to react
I was goofy and insecure
Just felt like to flee.

I was childish and naive
I could not act
I disappointed me and others
By not listening.

I not always made the best choices
But I did my best in order to get it
I admit I'm not perfect
But I try to evolve.

Sitting on the train from Sintra line (Rio de Mouro)
on March 8, 2016,
handwritten

8:27 a.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.