Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Nem que fosses o último homem / Neither if you were the last man

Nem que a humanidade
Entrasse em extinção
Nem que fosses o último homem
Jamais te daria o meu coração.

Nem que estivesse contigo numa ilha deserta
E ficasse celibatária
Estou demasiado desperta
Não me tomes por otária.

Comigo não tens hipóteses
Mesmo que faças o pino
Comigo te cruzas-te,
Mas não te enquadro no meu destino.

Sentada na secretária no meu quarto,
no dia 29 de outubro de 2015,
escrito à mão
22h15



Neither that humanity
Enter on extinguishment
Neither if you were the last man
I will never give you my heart.

Even if I were with you on a desert island
And stay celibate
I'm too awake
I don’t take me for a sucker.

With me you have no chance
Even if you do the pin
With me you come across,
But I don’t fit you in my destiny.

Sitting at the desk in my room,
on October 29, 2015,
handwritten

10:15 p.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.