Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

domingo, 25 de outubro de 2015

Começar a lutar / Start fighting

Tenho uma âncora no passado
Que não me deixa navegar
Quero põr tudo de lado
Soltar amarras e remar.

Seguir no meu pequeno barco
Para parte incerta
Não me prendo no charco
Preciso de um visão mais aberta.

Um oceano me espera
Para fazer acontecer
Esperar pelo destino me desespera
Faz-me sentir desfalecer.

Tenho um olho no futuro
Nos objectivos que pretendo alcançar
Tenho que na mesa dar um murro
E por mim começar a lutar.

Sentada no comboio da linha de sintra
no dia 9 de outubro de 2015,
escrito à mão
21h36

I have an anchor in the past
That does not let me sail
I want to put everything aside
Loosen ties and paddle.

Follow in my little boat
For uncertain place
Do not hold me into the pool
I need a more open view.

An ocean awaits me
To make it happen
Wait for the destination despairs me
It makes me feel faint.

I have an eye on the future
On the objectives I want to achieve
I have to the table to punch
And for me start fighting.

Sitting on the train from Sintra line
on October 9, 2015,
handwritten

9:36 p.m

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.