Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

À paz quero regressar / To peace I want to return

Não tenhas medo de mim
não sou nenhum bicho papão
venho por bem
É essa a minha missão.

Não temas a minha presença
não venho para te assombrar
A minha estranha parecença
não te deve assustar.

Não venho para te estragar a vida
nem a tenciono mudar
Regressei depois de andar perdida
à paz quero regressar.

Sentada no comboio da linha de Sintra
no dia 21 de setembro de 2015,
escrito à mão
8h45

Do not be afraid of me
I'm no bogeyman
I come to do good
That is my mission.

Fear not my presence
I do not come to haunt you
My strange resemblance
should not scare you.

I do not come to ruin your life
nor I intend to change it
I returned after being lost
To peace I want to return.

Sitting on the Sintra line train
on September 21, 2015,
handwritten

8:45 a.m.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.