Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Assassino do Amor / Killer of Love



Com as tuas falsas promessas
As tuas repisadas mentiras
As frustrações acumuladas
Com uma pistola arremessas e atiras.

Repetidos murros no estômago
E a falta de diálogo
Fizeram a nossa vida num inferno
De ti já não se podia esperar algo.

A magia quebrou-se
Assim que por acidente tiveste de te revelar
És um assassino do amor
Sempre disposto a enganar.

Mem-Martins, Gare dos comboios
27 de julho de 2015
8h40
Escrito à mão


With your false promises
Your repeated lies
The accumulated frustrations
With a pistol you ubiquitous and strip.

Repeated punches in the stomach
And the lack of dialogue
They made our life a living hell
Of you one could no longer expect anything.

The spell is broken
So by accident you had to prove you
You are a murderer of love
Always willing to cheat.

Mem-Martins, Trains Gare
July 27, 2015
8:40 a.m.
Handwritten

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.