Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Quero de novo voar / I want to fly again

Quero-me descalçar
Tirar a roupa do corpo
Para de novo poder voar.
Desejo sair daqui
Para um novo projeto poder abraçar.
Isto tudo nunca mais tem fim
A minha vida preciso continuar.
Não aguento o sufoco
Que me consegue frustrar.
Pretendo abrir a gaiola
Que, para a minha vida, consegui arranjar.
O verão está para vir
Em breve vou-me libertar
As minhas asas vão-se abrir
E para sempre vou voar.

Sentada à secretária em Boticas,
Poema escrito no computador,
13 de maio de 2015,
14h18


I want me take off
Take the clothes of my body
To be able to fly again.
I desire to go out of here
For a new project to embrace.
All this never-ending
My life must continue.
I can’t stand the torture
That can frustrate me.
I intend to open the cage
Who for my life I could get.
Summer is coming
I will soon release me
My wings will be opened
And I will always fly.

At her desk in Boticas,
Poem written on the computer
on May 13, 2015,
2.18 p.m.

In Costa, Maria Leonor, Worldly poetry

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.