Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Cartas de amor tardias / Late love letters

Tudo aquilo que evitaste ouvir
Não muda com palavras vãs, escritas numa folha de papel.
E tudo o que me fizeste sentir
Não se resolve apenas com um anel.

Faltou-te atitude e sobretudo amor,
Eu senti carência de afeto e compreensão.
Neste momento há apenas dor
A ocupar o lugar do coração.

Entretanto, resolvi a minha vida,
Mas tu apregoaste que não sabias,
Como haverias de saber?
Descobri então que há cartas de amor tardias.

Sentada à secretária em Boticas,
Poema escrito no computador
13 de maio de 2015,
15h04
In Costa, Maria Leonor. Amores Platônicos.


Everything you avoided listening to
It does not change with vain words, written on a sheet of paper.
And everything you've made me feel
It is not solved with just one ring.

Your lack of attitude and above all love,
I felt lack of affection and understanding.
At this moment there is only pain
To take the place of the heart.

Meanwhile, I resolved my life,
But you preached that you did not know,
How would you know?
I discovered then that there are late love letters.

At her desk in Boticas,
Poem written on the computer,
on May 13, 2015,
3.04 p.m.

In Costa, Maria Leonor. Platonic Loves.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.