Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

domingo, 19 de abril de 2015

Uma nova vida vou começar / A new life I'll start.

Cavastes um fosso entre nós
Porque não me quisestes ouvir
Incomodou-te o som da minha voz
Deixas-te a nossa relação ruir.

Hoje o fosso é um abismo
Impossível de ultrapassar
Podes ficar com o teu machismo
Porque eu vou-me pôr a andar.

Cansei-me de andar a sofrer
Porque não me soubeste amar
As minhas feridas para longe vou lamber
Uma nova vida eu vou começar.


Sentada no autocarro que parte de Chaves com destino a Boticas
no dia 16 de Abril de 2015,
escrito a mão
7 h 51


You drive a ditch between us
Because you wouldn’t listen to me
It bothered you the sound of my voice
You let our relationship crumble.

Today the gap is a chasm
Impossible to overcome
You can have your male chauvinism
Because I'm leaving.

I got tired of suffering
Because you didn’t know how to love me
My wounds away I'll lick
A new life I'll start.

Sitting on the bus from destination with Chaves to Boticas
on April 16, 2015,
handwritten

7 h 51

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.