Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sábado, 11 de abril de 2015

Hello Mikas











Recolhi-te da rua
Trazendo a tua filha comigo
Dei-te casa e abrigo
Deixei-te fazer, da minha casa, tua.

Dei-te muito afeto
E tu retribuis-te com o teu amor
Dei-te alimento e tu deste-me calor
Fazendo-me desejar ter-te sempre por perto.

Não me arrependo de tal ato
Apesar de seres gata és para mim uma amiga
Consegues-me animar com o teu ronronar mesmo quando sinto fadiga
Tudo aquilo que aqui conto é um facto.

Sentada na minha cama em casa dos meus pais,
Poema manuscrito,
23 de março de 2015,
23h43
In Costa, Maria Leonor, Poesias Mundanas.
















I picked you up from the street
Bringing your daughter with me
I gave you home and shelter
I let you make of my house yours.

I gave you great affection
And you recompense me with your love
I gave you food and you gave me heat
Making me want to have you always near.

I do not regret this act
Although you are a cat, to me you are a friend
You can animate me with your purr even when I feel fatigued
All that I tell here is a fact.

Sitting on my bed in my parents' house,
Handwritten poem,
on March 23, 2015,
11:43 p.m.

In Costa, Maria Leonor, Worldly poetry

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.