Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quarta-feira, 11 de março de 2015

Saudades de Viajar / Missing Travel



 

Já faz alguns anos
Que não viajo de avião
Não levanto voo, nem faço escala
A não ser na minha imaginação.

A última grande viagem que realizei
Foi até à China
Mas o mundo é imenso
E conhecê-lo melhor é algo que me fascina.

Tenho muitas saudades
Saudades de viajar
De conhecer novos povos e culturas
Para sobre eles escrever e fotografar.

Viajar abre horizontes
E faz-nos crescer intrinsecamente
Dá um maior sentido à nossa vida
Contribui para o desenvolver a nossa mente.

Autocarro de Chaves com destino a Montalegre, (Casas Novas)
Poema manuscrito,
5 de março de 2015,
8h46
In Costa, Maria Leonor, Poesias Mundanas.


For some years
I do not travel by plane
I lift did not fly, do not scale
Except in my imagination.

The last big trip I realized
Was to China
But the world is immense
And know him better is something that fascinates me.

I miss
Missing travel
To meet new people and cultures
To write about them and photograph.

Travelling broadens horizons
And makes us intrinsically grow
It gives greater meaning to our lives
Contributes to develop our mind.

Chaves bus bound for Montalegre, (Casas Novas)
Handwritten poem,
on March 5, 2015,
8:46 a.m.
In Costa, Maria Leonor, Worldly poetry

 

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.