Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

terça-feira, 10 de março de 2015

Insónia / Insomnia



Tic-tac, tic-tac
O relógio está a andar
Tic-tac, tic-tac
Três da manhã, não são horas de acordar.

Tic-tac, tic-tac
Na cama já não consigo ficar
Tic-tac, tic-tac
Vou-me levantar

Uma insónia me deu
De manhã tenho de ir trabalhar
Saí dos braços de Morfeu
E para a sala fui-me esticar.

O dia amanheceu
O relógio deixou de me incomodar
Vi televisão enquanto me apeteceu
E à mesma hora tive de ir laborar.

Autocarro de Chaves com destino a Montalegre,
Poema manuscrito
5 de março de 2015,
8h21
In Costa, Maria Leonor, Poesias Mundanas.
Tick-tock, tick-tock
The clock is moving
Tick-tock, tick-tock
Three in the morning are not waking hours.

Tick-tock, tick-tock
In bed I can no longer stay
Tick-tock, tick-tock
I'll get up

An insomnia has given me
In the morning I have to go to work
I left of the arms of Morpheus
And to the living room I went stretch me.

The day dawned
The clock stopped bothering me
I saw TV while I wanted
And at the same time I had to go labouring.

Chaves bus bound for Montalegre,
Handwritten poem,
on March 5, 2015,
8:21 a.m.
In Costa, Maria Leonor, Worldly poetry

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.