Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

segunda-feira, 23 de março de 2015

Chega-te para lá / Go unto there

Chega-te para lá
Deixa-me respirar
Dá-me espaço suficiente
Para eu me libertar.

Deixa-me respirar fundo
Encher de ar os pulmões
Fechar os olhos e erguer os meus braços
E sentir as minhas pulsações.

Deixa-me sentir viva
E usufruir deste momento
Não digas que sou atrevida
Porque preciso do meu tempo.

Autocarro de Chaves com destino a Montalegre,
Poema manuscrito,
18 de março de 2015,
9h11
In Costa, Maria Leonor. Amores Platônicos.


Go unto there
Let me breathe
Give me enough space
In order I free myself.

Let me take a deep breath
Inflating the lungs
Close my eyes and lift my arms
And feel my pulse.

Let me feel alive
And enjoy this moment
Do not say I'm cheeky
Because I need my time.

Chaves bus bound for Montalegre,
handwritten
on March 18, 2015,
9:11 a.m.

 In Costa, Maria Leonor. Platonic Loves.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.