Receber poemas por / Receive poems by Email

Traduzir / Translate

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A amizade do século XXI / XXI Century friendship



Cada vez mais efémera
Por falta de disponibilidade
É hoje, e amanhã já era
Aquilo a que se chama amizade.

Já quase não se pode contar
Tudo é uma troca de favores
É difícil acreditar
Naquilo que trás tantos dissabores.

Cada vez mais à distância
E num ambiente virtual
Aquilo que outrora tinha importância
Hoje já não é habitual.

Elos difíceis de criar
E mais ainda de manter
No século XXI a amizade não tem lugar
Mesmo que a muitos custe a crer.

Paragem de Serviços de Penacova (IP3), na mesa de café do “A Lampreia”,
Poema manuscrito,
19 de fevereiro de 2015, 12 h 14

In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.



Increasingly ephemeral
For lack of availability
It is today, and tomorrow was already
What has been called friendship.

We almost can’t count
Everything is an exchange of favours
Hard to believe
In what brings so many disappointments.

Increasingly at a distance
And in a virtual environment
What once mattered
Today it is not usual.

Difficult to create links
Further still maintaining
In the twenty-first century friendship has no place
Even though many costs to believe.

Penacova services stop (IP3), on the coffee table of "The Lamprey",
Handwritten poem,
on February 19, 2015, 12 h 14

In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.