Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

A Ressaca / The Hangover

Sinto o corpo mole
Os meus olhos estão pesados
Estou com uma valente ressaca
Só estou bem com os olhos fechados.

A minha cabeça dói
Como se tivesse um badalo dentro
Tento manter-me em pé
Mas não me aguento.

A minha boca está seca
Tudo me enjoa
A noite de ontem foi de festa
Passei o Réveillon em Lisboa.

Hoje a festa já terminou
Prova disso é o meu mal-estar
Nada como voltar a beber
Para a ressaca curar.

18 de dezembro de 2014

In Costa, Maria Leonor, Poesias Mundanas.



I feel the soft body
My eyes are heavy
I have a mighty hangover
I'm fine with eyes closed.

My head hurts
As if it had a bell clapper inside
I try to keep myself standing
But can’t stand me.

My mouth is dry
All sickens me
Last night was party
I spent New Year's Eve in Lisbon.

Today the party is over
Proof of this is my malaise
Nothing like going back to drink
For curing a hangover.

December 18, 2014

In Costa, Maria Leonor, Worldly poetry
 

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.