Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Uma noite à lareira / One night at the fireplace

Uma noite à lareira
Podia ter ido ao Casino
Escolhi a companhia das minhas gatas
E o seu incondicional carinho.

Estendida no sofá
Quentinha e relaxada
O mundo lá fora parou
Não me importo com nada.

Fecho os olhos
Dormito por alguns instantes
Não há nada como estes momentos
Em que nos sentimos importantes.

Escolhi seguir o meu caminho
Que é meu e de mais ninguém
Não me senti sozinha
O aconchego soube-me tão bem.

30 de novembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Poesias Mundanas.
  

One night at the fireplace
I could have gone to the Casino
I chose the company of my cats
And their unconditional love.

Lying on the couch
Warm and relaxed
The outside world stopped
I do not care about anything.

I close my eyes
I sleep for a while
There's nothing like these moments
We feel important.

I chose to follow my path
That is mine and no one else
I did not feel alone
The warmth knew me so well.

November 30, 2014
In Costa, Maria Leonor. Worldly poetry.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.