Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sábado, 27 de dezembro de 2014

Suspiro frequentemente / I often sigh

Suspiro frequentemente
O meu coração precisa de se dilatar
Respiro bem fundo
E encho a caixa torácica com ar.

Suspiro aos sete ventos
Mas nenhum para para me ouvir.
Deito para fora os desalentos
Que no meu peito se fazem sentir.

Repito este gesto
Várias vezes ao dia
Não são a solução para os meus problemas
Mas a sua repetição me alivia.

18 de dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.
  

I often sigh
My heart needs to expand
I breathe deep
And fill the chest cavity with air.

I sigh to the seven winds
But no one stops to listen.
I lay out the discouragements
That in my chest is felt.

I repeat this gesture
Several times a day
They are not the solution to my problems
But the repetition relieves me.

December 17, 2014
In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.
 

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.