Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Tento sempre / I always try

Acerto muito, erro muito
Mas tento sempre.
A sorte pode bater
À minha porta de repente.

Não consigo ficar parada
Tenho de continuar a lutar
Para um dia ser vencedora
Muito tenho de trabalhar.

Ser autodidata está me no sangue
Gosto muito de aprender
Ter conhecimento é bom
E saber é poder.

Gosto de conversas com conteúdo
E que originam novos saberes
Brainstormings de várias cabeças
Dão azos às criações que quiseres.

Não gosto de fofocas
Nem preencho o meu tempo com conversas fúteis
Adoro produzir coisas novas
Que no futuro para todos sejam úteis.

15 de novembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Poesias Mundanas.



I hit a lot, I miss a lot
But I always try.
Luck can beat
At my door suddenly.

I can’t sit still
I have to keep fighting
In order to one day be the winner
I have much to work with.

Being self-taught is in my blood
I love to learn
Having knowledge is good
And knowledge is power.

I enjoy conversations with content
And that generate new learnings
Brainstorming of various heads
Give wings to the creations you want.

I do not like gossip
Or fill my time with idle chatter
I love to make new things
That in the future will be useful for everyone.

November 15, 2014

In Costa, Maria Leonor. Worldly poetry.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.