Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O último adeus / The last goodbye

Vieste ao meu encontro
Depois de eu te telefonar
Entregaste-me algo que era meu
Foi esquivo o teu olhar.

Pareceste nervoso o tempo todo
O teu discurso era hesitante
Repentinamente foste embora
Foi curto aquele instante

Foi a última vez que te vi
Penso que não te voltarei a ver
Foi um último adeus
Contigo o passado ficou a perder.

Desapareceste na noite escura
Com a mesma rapidez com que surgiste
Digo-te neste poema aquele adeus
Que te quis dizer, mas tu não permitiste.

Escrito: 15 de novembro de 2012
In Costa, Maria Leonor. Amores Platônicos.


You came to meet me
After I call you
To give me something that was mine
Was slippery your look.

You seem nervous all the time
Your speech was hesitant
Suddenly you're gone
That moment was short.

It was the last time I saw you
I think that I will never come back to see you
It was a last goodbye
With you the past stayed to lose.

You vanish in the dark night
Quickly as you came
I tell you that this poem goodbye
That I meant to say to you, but you have not allowed.

Written: November 15, 2012
In Costa, Maria Leonor. Platonic Loves.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.