Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sábado, 1 de novembro de 2014

As Notícias revoltam-me / The News revolt me

As Notícias revoltam-me
Nada de bom há para registar
A humanidade está sempre em guerra
A morrer, a violar ou a matar.

As catástrofes naturais
Ocupam também um lugar de destaque
E em pleno século XXI
Portugal está a saque.

São as guerras religiosas
As doenças e uma qualquer pandemia
Têm também a sua importância
Já para não falar das questões da economia.

São mulheres mortas pelos seus maridos
Porque em devido tempo ninguém agiu
São as violações e os homicídios
Em que o principal suspeito fugiu.

Custa-me chegar ao fim do dia
E ter da vida esta triste visão
Escolho por isso pegar no comando
E mudar o canal da televisão.

Escrito: 29 de outubro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.



The News revolt me
I have nothing good to register
Mankind is always at war
dying, violating or killing.

Natural disasters
Also occupy a prominent place
Moreover, in the XXI century
Portugal is booty.

Are the religious wars
Disease and any of a pandemic
Also have their importance
Not to mention the issues of the economy.

Women are killed by their husbands
Because no one acted in time
Are rapes and murders
In which the main suspect fled.

It costs me get through the day
And having life this sad sight
I choose for it to catch on command
And change the TV channel.

Written: October 29, 2014
In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.