Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

A autoestima abandonou-te / Self-esteem abandoned you

A autoestima abandonou-te
Deixou-te à deriva
E tu precisas tanto dela
Para prosseguir com a tua vida.

Tens de procurar na tua alma
Bem no teu interior
Ela anda por lá perdida
Encoberta pela tua dor.

Precisas de abrir os olhos
Fazer o nevoeiro dissipar
Respirar bem fundo
E encher o peito de ar.

Para e olha
Se necessário podes chorar
Deixa sair para fora
O que te anda a atormentar.

Todos passamos por altos e baixos
E fases mais difíceis de ultrapassar
Mas temos de seguir em frente
E não podemos desesperar.

Escrito: 21 de outubro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.



Self-esteem abandoned you
Left you adrift
And you need her so much
To proceed with your life.

You have to look in your soul
Well in your interior
She walks there lost
Covert about your pain.

You need to open your eyes
Do the fog dissipate
Take a deep breath
And fill the chest with air.

Stops and looks
If necessary you can cry
Let’s leave out
What's been tormenting you.

We all go through ups and downs
And most difficult stages to overcome
But we must move on
And do not despair.

Written: October 21, 2014
In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.
 

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.